7 de março de 2007

A Amora deixou-nos


A Amora deixou-nos. Foi passear segunda-feira com a Maria e o Egas, todos voltaram menos ela. À noite fomos procurá-la, chamámos, chamámos mas nada. Percorremos o pinhal por 3 dias mas sem a encontrar. Custa muito que tenha desaparecido assim, imagino o corpo algures no pinhal, ao relento, ao ar, assim perdido, sem sabermos se sofreu ou não. Morreu, de certo, pois já era velhota. Na noite em que desapareceu fazia muito frio, a noite estava gelada e agora paira sobre as 7 Figueiras a ausência da Amorinha. Morreu, se assim foi, onde foi mais feliz, nos seus passeios pelo pinhal. “Dorme tranquila Amorinha”

1 comentário :

Monte das 7 Figueiras disse...

A Amorinha onde está ,fica agradecida de tanto amor. Tens razão ela foi feliz mas custa não ter podido despedir-me dela. Assim o quis. Adeus Amorinha volta um dia para outras gentes que cuidem de ti e que te amem como nós te amámos.