14 de maio de 2008

o Lago


29/09/07
Há muito que o lago estava planeado, vê-se pela data de início. Entretanto muita erva cresceu lá dentro e tivemos de refazer uma boa parte para terminar a "empreitada".


09/05/08
Depois de concluído ficou com cerca de 4x3 metros de área e na parte funda com 30cm. É pouco, eu sei, seria melhor que tivesse no mínimo 50cm na parte mais funda e nas margens 10cm. Paciência. Apesar de tudo as margens ficaram bem. Colocou-se tela resistente contra raios UV, decomposição, frio, tipo esta. A borda da tela foi enterrada levando uma camada de terra por cima. Para esta área ficou em cerca de 50€.


10/05/08
Cobriu-se o fundo com terra para ajudar a criar sedimentos e nas partes mais baixas algumas pedras sem arestas . Dois sacos, como o que se vê na imagem, cobriram as margens interiores quase todas e custaram 6€ cada um. Fomos procurando pelo terreno outras pedras , para colocar nas margens exteriores e ajudar a segurar a tela.


Continuámos a colocar pedras e enchemos de água.


10/05/08
J. deu-nos uma planta a que chama "rosa de água", mas que a mim me parece um lírio de água (Nymphaea sp.), com ovos de girino, e 6 pés de Tábuas (Typha latifolia). Esperemos que se adaptem, o lago onde estavam era muito mais fresquinho do que este. Juntámos mais umas quantas pedras vulcânicas nas margens (0.50€ cada), vários abrigos para rãs, nas margens, e algumas crassulas na margem. As margens ainda terão de ser cobertas com terra para se poderem plantar outras coisas.


11/05/08
Quem gostou muito da "casa nova" foi esta rã verde (Rana perezi) que já andava pelo jardim há algum tempo. Rapidamente saltou para a folha e agora por lá anda. A época de reprodução é de Março a Junho, quando o macho faz o tão conhecido coaxar para chamar as fêmeas, mas esta anda sempre calada. Talvez seja menina.

Os pássaros andam em roda a espreitar, receosos, mas um melro corajoso já tomou banho com grande satisfação, dele e nossa.


13/05/08
Quem também está perdida de curiosidade com o lago é a Estrelinha. Fica horas, como eu, a observar um novo lugar de vida criado.

7 comentários :

Anónimo disse...

Bom dia Paula, tenho andado pelo trumbuctu e estou a gostar do muito que está feito, está tudo muito bem organizado. Parabéns, está transformada numa verdadeira alentejana.Por engano fiz um comentário ao laguinho num outro trabalho, mas o que conta é que o seu trabalho está muito bom.
Beijos da zília

biba disse...

olá tia,

o lago ficou um amor!!parabens!
beijinhos

Trumbuctu disse...

Obrigada a ambas pela passagem no Trumbuctu e pelos comentários. Também fiquei muito contente com o resultado, principalmente com a alegria dos pássaros e da rã, a primeira habitante do lago ":O). Compensou o esforço que foi.
Beijinhos às duas

Monte das 7 Figueiras disse...

Já ouvi ontem um coaxar, será que a rã verde é mesmo menina? com o Goldencrest mesmo ao lado do lago até parece um condomínio com direito a piscina.Tem os de arranjar algum recanto bem escondido para observação, pois os melros que andam por aqui são muito tímidos e aso menor movimento ala que se faz tarde.Está tudo tão divertido|| Obrigada por tanto que dás.

Monte das 7 Figueiras disse...

Afinal a râzinha já tem companhia estão cá mais duas. Benvindas (os)à noite já será possivel termos orquestra.Está a ficar uma delícia.

Trumbuctu disse...

Ah, deve ter sido o resultado do coaxar e então é macho.
Que bom, fico tão feliz!
Boas sinfonias nocturnas e disfrute desse pequeno paraíso

Anónimo disse...

Ola , adorei o teu lago . Eu tenho uma rã igual a da foto e é uma delicia ve la , é pequena ainda , mas tenho uma duvida . as femeas tambem coaxam ou so os machos podem fazer isso mesmo ainda sendo pequenos ?