18 de março de 2010

favas


[Actualização de 02.02.10]
A natureza é mesmo assim, como a vida, nem sempre nos dá o que queremos ou esperamos. Podemos não ter cenouras mas temos favas, lindas, crescidas e em breve a dar fruto; e andorinhas a voar dentro de casa; e sol para se poder trabalhar.



Estas foram semeadas como me ensinou o Sr. Abel, bem juntas para não tombarem quando crescerem. Um dia, ao passar, vi-o a semear as favas com um tubo de rega e muito juntinhas. Fazia-as passar pelo tubo e ia andando, devagarinho. Estava a semear favas à "malandro". Na terra estavam ainda os pés de milho que ele ia arrancar e então eu disse-lhe: "Sr. Abel, deixe as plantas na terra, basta cortá-las."  Expliquei-lhe que as plantas não deveriam ser arrancadas pois possuem nas raízes um mundo de microorganismos essenciais à vida e conservação dos solos. Passo todos os dias pela sua casa e ainda vejo os pés de milho na terra, secos, junto das favas semeadas à "malandro". Tenho saudades do Sr. Abel.

2 comentários :

Alziro Patafisico disse...

Andorinha dentro de casa é a coisa mais luxuosa que existe nesse mundo.

Trumbuctu disse...

A melhor visita que se pode ter ":O)