24 de maio de 2009

Carvalho Longo

Imaginem um percurso. A sequência das imagens corresponde aos vários locais que vão observando. O resto deixo ao critério da vossa imaginação.









O que senti, desde o momento em nos sentámos à sombra duma enorme nespereira até que nos voltámos a sentar sob a mesma sombra, não consigo explicar por palavras. Tudo flui, mesmo depois de termos deixado a quinta, e a sensação que permanece é: tudo é possível na vida. Foi muito especial. Agradeço a E. ter-me proporcionado a visita e a M. e G. terem criado um lugar assim, permitido que tirasse fotografias, que as partilhasse aqui e tudo o que aprendi.

Um lugar assim e, mais do que um lugar, uma outra forma de se estar vivo guarda-se no coração como uma luz irradiante.

4 comentários :

Alziro Patafisico disse...

Uma beleza mesmo. Bom pros olhos e pra alma.

Fernando Emídio disse...

Excelente blogue...
Adicionei ao blogroll do meu em https://maosahorta.wordpress.com

Continuem esse belo trabalho!

Maria disse...

Olá,
adorei a Quinta do Carvalho Longo, é mesmo uma fonte de inspiração...é possível fazer visita a esse belo sítio? Já agora os meus parabéns pelo seu blog do qual sou fiel seguidora.
Maria
www.mixelania.blogspot.com

Trumbuctu disse...

Olá Maria,

A quinta do Carvalho Longo é realmente um lugar inspirador e muito especial, mas é uma quinta particular. Nunca se sabe se um dia não passará lá à porta e poderá entrar.

Um abraço e força para o seu projecto