13 de maio de 2009

Lapas


Lapas, como se chamam por aqui, julgo serem um tipo de cochonilha. Até gosto da representação gráfica do nome - cochonilha - mas não da sonoridade, já do que fazem à plantas muito menos. Agora, do outro lado da horta andamos a descobrir muitas coisas, como estes pequenos seres que sugam as plantas até à morte. Poderia chamar "cochonilha" a muita gente com quem me cruzo (desabafo).

A sebe onde se alojou está quase toda coberta delas. Podou-se e já coloquei rega, há muito tinha deixado de ter e nos próximos dias vou experimentar um tratamento com sabão, tabaco e óleo mineral. Pensei em adubar mas a E. disse-me quando as plantas estão atacadas por pragas
pode ser contraproducente, o que faz sentido, primeiro trata-se e depois alimenta-se.

Esmaguei uma sem querer e a cor que liberta é um carmim muito bonito.

2 comentários :

São disse...

Encontrei este blog por mero acaso e estou a adorá-lo!
Parabéns por este cantinho tão simpático e útil!
Eu também ando com problemas com lapas no meu jardim. Invadiram a sebe de escalónia, as árvores de citrinos, nem o pobre azevinho escapou! Como não gosto de usar químicos porque tenho imensos animais a rondar o jardim, desde inúmeros gatos a pássaros de várias espécies, ando feita tonta a tentar catar aquilo à mão ou a arrancá-las com jactos de água. Resta dizer que até agora ganham as lapas...

Trumbuctu disse...

Olá São,temos em preparação um tratamento com tabaco, sabão e óleo. Na próxima semana já vamos experimentar. Logo direi o resultado.